No interior do Acre, revendedores voltam atrás e reduzem preço do gás

Adelcimar Carvalho

Do G1 AC

Os revendedores de gás de cozinha do município acreano de Cruzeiro do Sul voltaram atrás e retiraram o reajuste de 13% que havia sido estabelecido pela categoria. A decisão, segundo eles, ocorreu depois que a categoria obteve autorização para transportar até 23 toneladas pela BR-364. O anúncio foi feito na sexta-feira (29).

Até o final de 2015, cada caminhão transportava até 600 botijas, o equivalente a 24 toneladas. Por causa das dificuldades de tráfego na BR-364, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) limitou a carga a 260 botijas por veículo.

A decisão foi criticada pelos revendedores, que alegavam prejuízos. No dia 26 de janeiro, foi anunciado o reajuste e as botijas de 13 kg que eram vendidas a R$ 67 passaram a custar R$ 76 nos pontos de revenda. A taxa para entrega em domicílio também sofreu reajuste, de R$ 70 para R$ 80.

Para contornar a situação, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul passou a emitir um documento declarando o gás de cozinha como item de utilidade pública. Assim, os caminhões podem trafegar pela BR-364 com até 23 toneladas.

"Foi liberado para meu caminhão passar com 23 toneladas. Com isso, voltamos ao preço que era praticado anteriormente. Antes, mesmo com o documento da prefeitura os caminhões eram barrados. Essa questão de pegar o documento na prefeitura é tranquila. A gente pega o documento, autentica em cartório e passa pela BR-364 com 23 toneladas", comenta o empresário Luiz Sisnando.

A dona de casa Lurdes Fernandes de Souza disse que fica mais aliviada com a retirada do aumento. "Fico mais satisfeita com o preço voltando a ser o que era cobrado antes. As pessoas precisam ver que o salário não tem tido aumento e não era justo a gente pagar por uma coisa que nós não somos responsáveis", diz.

O G1 entrou em contato com o superintendente do DNIT, Sérgio Augusto Mamanny, que disse que só deve se manifestar na segunda-feira (1).

 


Banner

Distribuidoras:

OnLine

Nós temos 4 visitantes online